quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Punta Cana: Governador Valadares ficaria com inveja do calor desse lugar

Após  12 horas de viagem, entre vôos, atrasos e conexões, enfim chegamos em Punta Cana. O clima do Caribe é mesmo único. Dentro do aeroporto já deu pra sentir a diversidade de cultura que encontraríamos por aqui. Enquanto esperava as malas na esteira, vi vôos da França, Alemanha, Itália, Canadá e de muitos lugares dos Estados Unidos.


A recepção dos nativos no aeroporto foi bastante calorosa. Muito mambo e salsa. Muitos aproveitadores também. Um sujeito, os chamados “maleiros”, tirou nossas malas do carrinho, colocou em outro carrinho, andou 50 metros, olhou nos meus olhos e disse: _PROPINA?  Pensei comigo: Estoy em Brasília? rs

Claro que sabia que ele estava querendo gorjeta. Mas fiz cara de gringo desavisado e disse: _SORRY, MY FRIEND. I DONT UNDERSTAND YOU! NO COMPRIENDO! NO COMPRIENDO!
Aqui a gente só entende o que nos é cômodo. O resto é só fingir de besta.

Durante o translado até o hotel, reconheci meu primeiro compatriota. Veja a foto. Está um pouco ruim. Mas, dá pra ver que até o SEM NOÇÃO tem um comércio por aqui.



Outra curiosidade: Meus “manos” motoboys, não usam capacetes por aqui. No máximo um bonezinho vermelho. rs 


Postado por Guilherme Chagas Prates

Nenhum comentário:

Postar um comentário